Projeto “Mentalidades“ (2012-2014)

Este projeto tem como objetivo principal prosseguir o nosso contributo para a promoção da igualdade de género, para o combate à violência de género e o combate ao tráfico de seres humanos, realidades que colocam em causa o princípio básico dos Direitos Humanos, a liberdade. Por outro lado, há que debater, informar e combater a realidade escondida do tráfico de seres humanos.

A nossa experiência e o know-how adquirido em intervenções anteriores no âmbito de outras tipologias (7.2 – Planos para a Igualdade e 7.3 – Apoio Técnico e Financeiro às Organizações Não Governamentais) permite-nos continuar a avançar atividades e iniciativas concretas e orientadas para a promoção da igualdade de género e para a prevenção e combate destes fenómenos. Desta forma, no decurso dos anos 2012, 2013 e 2014 encontramo-nos a desenvolver atividades em quatro áreas geográficas: Norte, Centro, Alentejo e Algarve, conforme é especificado de seguida:

Norte / Centro / Alentejo / Algarve

  1. Ação de sensibilização em Igualdade de Género;
  2. Ação de informação sobre Empreendedorismo Feminino;
  3. Ação de sensibilização Género e Papéis Sociais;
  4. Ação de sensibilização Saúde e Género;
  5. Ação de sensibilização para a Prevenção e Combate à Violência de Género;
  6. Ação de sensibilização Aspetos Psicológicos e Sociológicos da Violência de Género;
  7. Exposição Itinerante Violência de Género;
  8. Implementação de um GAU;
  9. Rubrica numa rádio designada Tráfico – A Escravatura Moderna;
  10. Exposição Itinerante Tráfico de Seres Humanos.

 

Presentemente, já executámos uma diversidade de atividades ao longo do país, dando particular destaque à abertura e prossecução de serviços dos Gabinetes de Apoio ao/à Utente vítima de violência doméstica que se encontram em funcionamento nas quatro áreas geográficas abrangidas pelo Projeto “Mentalidades” (Norte, Centro, Alentejo e Algarve), assim como à organização de uma palestra transmitida numa rádio local subordinada ao tema Tráfico – A Escravatura Moderna, que decorreu no passado dia 18 de outubro, em Vila Real, enquanto evento comemorativo do Dia Internacional Contra o Tráfico de Seres Humanos e o Dia Europeu de Combate ao Tráfico de Seres Humanos.

Para a execução destes mesmos projetos, os principais financiadores são o POPH (Programa Operacional Potencial Humano) e o QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional), fomentando a promoção do desenvolvimento regional, nacional e internacional e a cooperação na área da economia social, do conhecimento, em especial nas vertentes ensino, educação e cultura, do emprego e formação profissional, da integração social e comunitária, do desenvolvimento rural e da sensibilização e educação para o desenvolvimento.